7 visitantes on-line ( Entrar na Sala de Bate-Papo )São Paulo, 25 de junho de 2017

Hoje somos 143
portadores de RTS
galeria de fotos
Uma imagem vale mais que mil palavras.
Conheça um pouco mais sobre nós !
Depoimentos
Leia os depoimentos que os pais fizeram sobre seus filhos.
Com certeza você vai se identificar com um deles !
Lista de Discussão
Entre para nossa lista de discussão por e-mail e troque idéias e informações com outros pais e profissionais da arts
Dê uma mãozinha
Veja quem já nos deu uma mãozinha.
Faça parte do grupo de amigos da arts
Estatísticas sobre RTS
Acompanhe as estatísticas sobre RTS
Pesquisar no site
Digite as palavras-chave de busca, separadas por vírgula
Clique aquí para busca detalhada
 
 
ARTS
Rua Harmonia 722/81
CEP 05435-000
São Paulo-SP
Brasil
 
(55) (11) 4153-3211
(55) (11) 5631-5062
(55) (11) 3819-2536
 
arts@artsbrasil.org.br
 
Aquí estão relacionadas as dúvidas que nos foram enviadas.

Se não encontrar resposta aqui, envie-nos sua dúvida, que tentaremos esclarecê-la o mais breve possível.


• Um casal normal, sem histórico familiar que remeta à síndrome pode ter filhos com RTS?

• A síndrome de Rubinstein-Taybi pode ser classificada como uma anomalia genética?

• Que características podem apresentar, crianças com um nível baixo de comprometimento, pela RTS? E uma criança com elevado comprometimento?

• Como os pais podem obter progressos no desenvolvimento do filho?

• Que tipo de remédio é utilizado para amenizar dificuldades comportamentais? Quais seriam estas dificuldades?

• Aproximadamente com quantos anos a criança com RTS começa a engatinhar, sentar, andar e emitir as primeiras palavras?

• Quantas entidades semelhantes existem no Brasil?

• Como surgiu a ARTS?

• Que tipo de características são típicas no comportamento da criança?

• Como é o dia-a-dia da criança com a síndrome?

• Como o portador é visto na sociedade?

• O portador de RTS tem que ter supervisão médica frequente?

• Quantos portadores a ARTS atende diariamente?

• Há cursos profissionalizantes para o adolescente com RTS?

• A ARTS recebe algum tipo de incentivo financeiro de algum orgão municipal ou estadual?

• Que tipo de trabalho a ARTS desenvolve com as crianças?

• O que há de novo na medicina sobre a síndrome?

• Como os pais de crianças com RTS podem tratá-las em casa?

• Quais as dificuldades enfrentadas por uma criança com RTS na sociedade?

• Uma criança com RTS consegue manter um bom relacionamento com crianças normais?


 01 - 02 - 03 -Próxima Página

página inicialdestaquesorganizações & linksarts responde
bate papolista de e-mailsterapiasartigos & matériasdê uma mãozinha
depoimentosarts na mídiagaleria de fotosestatísticaslivro de visitas
pesquisar no siteexamesfale conosco