29 visitantes on-line ( Entrar na Sala de Bate-Papo )São Paulo, 20 de novembro de 2017

Hoje somos 143
portadores de RTS
galeria de fotos
Uma imagem vale mais que mil palavras.
Conheça um pouco mais sobre nós !
Depoimentos
Leia os depoimentos que os pais fizeram sobre seus filhos.
Com certeza você vai se identificar com um deles !
Lista de Discussão
Entre para nossa lista de discussão por e-mail e troque idéias e informações com outros pais e profissionais da arts
Dê uma mãozinha
Veja quem já nos deu uma mãozinha.
Faça parte do grupo de amigos da arts
Estatísticas sobre RTS
Acompanhe as estatísticas sobre RTS
Pesquisar no site
Digite as palavras-chave de busca, separadas por vírgula
Clique aquí para busca detalhada
 
 
ARTS
Rua Harmonia 722/81
CEP 05435-000
São Paulo-SP
Brasil
 
(55) (11) 4153-3211
(55) (11) 5631-5062
(55) (11) 3819-2536
 
arts@artsbrasil.org.br
 
Arritmia cardíaca
 
As arritmias cardíacas são distúrbios da condução do estímulo elétrico
no coração, cuja a função é a de contrair o músculo de forma harmônica e sincrônica. Ou seja, em um coração normal, a condução do estímulo elétrico faz com que os átrios se contraiam primeiro, em seguida, os ventrículos.
Existem vários tipos de arritmias cardíacas, sendo que algumas não representam qualquer problema em termos de qualidade ou quantidade de vida como, por exemplo, as extrassístoles esporádicas (batimento do coração fora de compasso). Entretanto, algumas apresentam-se de forma grave e são chamadas "ameaçadoras da vida", podendo levar à morte.

Nesse caso inclui-se a *taquicardia ventricular ou *fibrilação ventricular, que consiste na desorganização da transmissão dos estímulos elétricos nos ventrículos, levando à estimulação desordenada das células ventrículares.

O tratamento das arritmias depende da sua gravidade e do desconforto causado ao paciente, que pode ser desde palpitação ou "batedeira" até a sensação de descompasso do coração.

*Taquicardia é um nome genérico que inclui desde o aumento normal da freqüência cardíaca, quando, por exemplo, leva-se um susto ou faz-se um esforço físico, até as arritmias mais complexas como:

· Fibrilação atrial: uma desorganização da transmissão dos estímulos elétricos nos átrios, levando á estimulação desordenada das células atriais.

· Taquicardia paroxística supra ventricular: uma arritmia causada pela reentrada do estímulo elétrico, levando o coração a uma freqüência superior a 180 batimentos por minuto.
 
Voltar

página inicialdestaquesorganizações & linksarts responde
bate papolista de e-mailsterapiasartigos & matériasdê uma mãozinha
depoimentosarts na mídiagaleria de fotosestatísticaslivro de visitas
pesquisar no siteexamesfale conosco