30 visitantes on-line ( Entrar na Sala de Bate-Papo )São Paulo, 20 de novembro de 2017

Hoje somos 143
portadores de RTS
galeria de fotos
Uma imagem vale mais que mil palavras.
Conheça um pouco mais sobre nós !
Depoimentos
Leia os depoimentos que os pais fizeram sobre seus filhos.
Com certeza você vai se identificar com um deles !
Lista de Discussão
Entre para nossa lista de discussão por e-mail e troque idéias e informações com outros pais e profissionais da arts
Dê uma mãozinha
Veja quem já nos deu uma mãozinha.
Faça parte do grupo de amigos da arts
Estatísticas sobre RTS
Acompanhe as estatísticas sobre RTS
Pesquisar no site
Digite as palavras-chave de busca, separadas por vírgula
Clique aquí para busca detalhada
 
 
ARTS
Rua Harmonia 722/81
CEP 05435-000
São Paulo-SP
Brasil
 
(55) (11) 4153-3211
(55) (11) 5631-5062
(55) (11) 3819-2536
 
arts@artsbrasil.org.br
 
A Ortóptica dá sua colaboração na Comissão Científica da ARTS.
 
por

Silvia Celeste Palmieri Rodrigues
Ortoptista

Identifica problemas de visão e estrabismo que dificultem o rendimento geral das crianças portadoras da síndrome.
o exame tem a finalidade de realizar uma triagem, assim como orientar pais e terapeutas sobre as dificuldades visuais da síndrome.
Fazemos uma avaliação da visão, o quanto a criança enxerga com cada um dos olhos separadamente ,e de forma binocular.
Algumas crianças pequenas que não permitem a tomada da visão temos métodos especiais para inferir a visão.
Quando o exame detecta alguma baixa de visão é sugerido aos pais que procurem um oftalmologista.

Estudamos a movimentação dos olhos ( presença ou não de estrabismo= desalinhamento ocular).
As alterações da musculatura extrínseca ocular podem ser latentes (os olhos se mantém em paralelismo graças a um esforço visual ) e/ou manifestas(qualquer leigo perceberá um dos olhos desviados na posição do estrabismo).

Avaliamos se a criança apresenta torcicolo.
Não é raro esse torcicolo ser provocado por um tipo de estrabismo. procuramos orientar familiares e terapeutas que lidam com a criança que respeitem essa posição viciosa de cabeça, pois é dessa forma que a criança consegue enxergar melhor.
Quando o torcolo é acentuado, muitas vezes é necessária uma intervenção cirúrgica do estrabismo para que a posição viciosa desapareça.

Por fim nos casos onde há uma colaboração maior por parte do paciente, realizamos exames sensoriais com a finalidade de tomar conhecimento como seus dois olhos funcionam simultaneamente.
Testes são aplicados para avaliarmos se os dois olhos funcionam juntos dividindo as funções igualmente ou se um dos olhos é suprimido.

Do ponto de vista ocular está descrito na literatura a presença de catarata(opacificação do critalino),coloboma de nervo óptico, ptose palpebral,fenda palpebral antimongolóide ( olhinhos caídos),cílios longos.

Nos paciente examinados da arts pudemos detectar:
- Microftalmia
- Coloboma de Nervo Ótico
- Glaucoma
- Ptose - um dos olhos mais fechado que o outro
- Epicantus - prega palpebral
- Hipertelorismo - distância aumentada entre um olho e outro
- Tropia Intermitente - olhos ora em paralelismo ora desviados.
- Esotropia = estrabismo convergente (olhos desviados para dentro)
- Exotropia = estrabismo divergente (olhos desviadospara fora)
- Hipertropia = estrabismo vertical ( olhos desviados para cima ou para baixo)
- Paresiado IV Nervo Craniano - paresia de oblíqueo superior
- Anisotropias (desvios diferentes noolhar para cima e para baixo)
- Torcicolo ocular com consequências na conformação facial
- Sensorialidade - supressão- olhos que trabalham isoladamente ora um ora outro, ou mesmo com respostas de monoculares (só um dos olhos na realidade é responsável pelo ato visual)

As crianças continuam a ser triadas, e posteriormente realizaremos um trabalho estatístico dos dados acima referidos.
 
Voltar

página inicialdestaquesorganizações & linksarts responde
bate papolista de e-mailsterapiasartigos & matériasdê uma mãozinha
depoimentosarts na mídiagaleria de fotosestatísticaslivro de visitas
pesquisar no siteexamesfale conosco